"CONTESTAR AS OPINIÕES ERRÔNEAS QUE CONTRA NÓS ESPÍRITAS SÃO APRESENTADAS; REBATER AS CALÚNIAS; APONTAR AS MENTIRAS; DESMASCARAR A HIPOCRISIA; TAL DEVE SER O AFÃ DE TODO ESPÍRITA SINCERO, CÔNSCIO DOS DEVERES QUE LHES SÃO CONFIADOS”.
comentar
publicado por evangelicosfalsosprofetas, em 16.03.10 às 07:12link do post | favorito

Homem, que chegou a gravar três CDs, viajava até o Acre e trazia drogas bolivianas para Curitiba

Um suspeito de ser um traficante internacional de drogas foi preso na noite desta terça-feira (15), em Bela Vista do Paraíso, no Norte do Paraná. Oseías Henrique da Silva, de 37 anos, morava em Pinhais, na região metropolitana, é acusado de comandar a distribuição de drogas no Bairro Alto, em Curitiba. Ele foi flagrado em um bloqueio armado por policias da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) de Londrina enquanto retornava de carro à capital paranaense.

A Operação “Brasiléia”, batizada desta forma em razão da cidade em que a carga irregular era obtida, apreendeu junto com o traficante 1,5 quilo de cocaína e 4,5 quilos de crack, suficientes para fabricar mais de 25 mil pedras da droga, segundo oficiais da Denarc.

 

Adriano Ribeiro / Oséias Henrique da Silva viajava mensalmente ao estado do Acre para buscar drogas provenientes da Bolívia 

Oséias Henrique da Silva viajava mensalmente ao estado do Acre para buscar drogas provenientes da Bolívia

 

Rota do tráfico

Durante os quatro meses de investigação, foi descoberta uma rota de tráfico que partia da Bolívia até Curitiba, entrando no Brasil a partir do estado do Acre. “Ele viajava para o Norte do país e parava na cidade de Brasiléia, onde negociava as drogas bolivianas”, explica o delegado adjunto da Denarc, Renato Figueroa. A carga era trocada por veículos financiados por laranjas.

O percurso era realizado mensalmente e a viagem durava em torno de 12 dias. Silva sempre buscava utilizar rotas alternativas para voltar ao Paraná. De acordo com a polícia, não há indícios de que a droga fosse distribuída em outras cidades. “Vamos trabalhar agora para prender as pessoas ligadas ao traficante e para desmanchar esses pontos de tráfico em Curitiba”, diz Figueroa.

Carreira artística

Silva atuava como harpista em uma igreja evangélica e possuía o título de pastor. Ele chegou a gravar três CDs e, segundo informações do Denarc, no momento em que foi preso carregava o instrumento musical no carro em que dirigia.

O traficante está preso em Londrina e deve ser transferido para Curitiba nos próximos dias.
 


mais sobre mim
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9

15
17
18
19
20

22

29
30
31


pesquisar
 
blogs SAPO