"CONTESTAR AS OPINIÕES ERRÔNEAS QUE CONTRA NÓS ESPÍRITAS SÃO APRESENTADAS; REBATER AS CALÚNIAS; APONTAR AS MENTIRAS; DESMASCARAR A HIPOCRISIA; TAL DEVE SER O AFÃ DE TODO ESPÍRITA SINCERO, CÔNSCIO DOS DEVERES QUE LHES SÃO CONFIADOS”.
comentar
publicado por evangelicosfalsosprofetas, em 30.09.10 às 00:01link do post | favorito

A Bíblia é mesmo o melhor guia?

 

Os prosélitos católicos e evangélicos protestantes costumam criticar livros de autoajuda, propondo, em contrapartida, que os fieis leiam as Escrituras. Esporadicamente, sobra até para os psicólogos: “quem precisa de um consultório, se temos igrejas e templos, padres e pastores, etc.?” – dizem.

 

Algumas pessoas gostam de consultar os textos sagrados para determinados temas, ou abrir uma página sortida e consultar o que o Senhor tem para lhe dizer naquele instante – um ato até de misticismo.

 

Os resultados podem ser surpreendentes.

 

Imagine que alguém está em desespero, sofrendo uma tentação terrível por causa de cobiça por um objeto do seu vizinho. Então, ela abre a Bíblia aleatoriamente e cai na passagem seguinte:

“Se tua mão ou teu pé te leva à queda, corta e joga fora. É melhor entrares na vida tendo só uma das mãos ou dos pés do que, com duas mãos ou dois pés, seres lançado ao fogo do inferno”. Mateus, 18:8

Que ele fará?

* * *

Imagine se alguém flagrar seu cônjuge em adultério e consultar o trecho adiante:

Se um homem cometer um adultério com a mulher do próximo, o adúltero e a adúltera serão punidos de morte. Levítico, 20:10

Se essa pessoa não matar os dois adúlteros, no mínimo, poderá ficar atormentado por não ter feito a justiça que a Bíblia ordena.

* * *

 

Se uma mulher sofre opressão de machismo e procurar consolo nas escrituras, sofrerá ainda mais ao ler essas normas:

Durante a instrução, a mulher fique escutando em silêncio, com toda a admissão. Não permito que a mulher ensine, nem que mande no homem. Ela fique em silêncio.

Com efeito, Adão foi formado primeiro; Eva, depois. E não foi Adão que se deixou seduzir, mas a mulher é que foi seduzida e se tornou culpada de transgressão. I Timóteo, 2:1114

 

E não é um trecho único. Analisem:

As mulheres sejam submissas aos seus maridos, como ao Senhor Efésios, 5:22

 

E com corroboração:

Como se faz em todas as igrejas dos santos, as mulheres guardem silêncio nas reuniões. Não lhes é permitido tomar a palavra, mas que sejam submissas, como diz também a lei. I Coríntios, 14: 34

 

O que a Bíblia faz é, indubitavelmente, marchar no mesmo compasso do machismo daquele povo, na sua contemporaneidade: as mulheres tinham um papel meramente doméstico; não eram mencionadas nas contagens; não tinham voz nos tribunais (nem para defesa, nem para testemunho); e descriminadas pela lei.

* * *

Na época da escravidão negreira — e não faz muito tempo —, os senhores donos dos escravos usavam a Bíblia pra justificar suas posses humanas baseados em várias passagens, como nessa:

“O escravo ou a escreva que tiveres virão das nações que vos cercam. Deles podereis comprar escravos e escravas. Podereis também comprá-los entre os filhos dos estrangeiros que vivem convosco, nascidos no país, ou entre suas famílias que moram convosco. Serão propriedades vossa, e podereis deixá-los como propriedade hereditária aos vossos filhos. Deles sempre podereis servir-vos como escravos, mas quanto aos vossos irmãos israelitas, ninguém domine com dureza o irmão. Levítico, 25:4446

 

E vai além: permite que escravos sejam castigados, desde que, não até a morte. Leia:

Se alguém ferir o escravo ou a escrava a cacetadas, de modo que lhe morra nas mãos, o escravo deverá ser vingado. Mas se o escravo sobreviver por um ou mais dias, não será vingado, uma vez que era propriedade sua. Êxodo, 21:2021

 

Então, se o escravo procura na Bíblia um lenitivo, não leia esse:

Exorta os escravos a serem submissos a seus senhores, em tudo; a se mostrarem agradáveis, não os contradizendo nem os prejudicando, mas, pelo contrário, dando provas de uma perfeita fidelidade, para honrarem em tudo a doutrina de Deus, nosso Salvador. Tito, 2:9

* * *

Pense também em alguém que, com instinto violento e vingativo, acumula em sua mente um desejo de “limpar” as impurezas do mundo com as próprias mãos. Ele abre uma página qualquer da Bíblia e lê:

“Vai, realiza o projeto que tens no coração, pois o Senhor está contigo”. II Samuel, 7:3

* * *

Se a Bíblia é mesmo a “palavra de Deus”, em toda a sua plenitude, e um guia de conduta íntima e pessoal, então deveríamos obedecer a todos os seus preceitos, prestar os mesmos cultos e sacrifícios receitados pela lei.

Quer dizer: expiar nossos pecados pra cima de um bode; jamais trabalhar no dia santo; matar os infiéis, as prostitutas, os homossexuais e os filhos beberrões e desobedientes.

— Mas por que Jesus não cumpriu esses cerimoniais?

* * *

Os exemplos citados são apenas algumas das inúmeras contradições e incompatibilidades que se pode encontrar, percorrendo todas as letras bíblicas.

Por que outra razão não haveria atualmente tantas guerras envolvendo religiosidade, tantos psicopatas, assassinos em série e “heróis” extremistas.

Por semelhantes letras, não é o Alcorão — o livro sagrado para o Islã — tão criticado, bem como os muçulmanos, pelas ações terroristas?


mais sobre mim
Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

27


pesquisar
 
blogs SAPO