"CONTESTAR AS OPINIÕES ERRÔNEAS QUE CONTRA NÓS ESPÍRITAS SÃO APRESENTADAS; REBATER AS CALÚNIAS; APONTAR AS MENTIRAS; DESMASCARAR A HIPOCRISIA; TAL DEVE SER O AFÃ DE TODO ESPÍRITA SINCERO, CÔNSCIO DOS DEVERES QUE LHES SÃO CONFIADOS”.
comentar
publicado por evangelicosfalsosprofetas, em 04.06.10 às 22:23link do post | favorito

 

Os teólogos bíblicos, com seu estudo de hermenêutica, sabem das coisas bíblicas, mas preferem manter os fiéis na ignorância sobre os demônios, pois com ela eles fazem mais mistérios sobre o assunto, sobre si próprios, e, conseqüentemente, ganham mais prestígio e dinheiro.

 

Mas um ensino bíblico sério não pode continuar ignorando o significado verdadeiro da palavra demônio (“daimon” em grego), que é de um espírito humano.  Os teólogos e bispos do passado entenderam isso errado e transformaram em dogmas esse e outros erros seus. Mas isso não quer dizer que os cristãos vão continuar mergulhados “in aeternum” nessa ignorância. Aliás, muitos já se libertaram dessa idéia de demônios como sendo deuses mitológicos do mal em luta contra Deus.

 

Platão e Heródoto até usaram o adjetivo grego “daimonios”, da raiz de “daimon”, com o sentido de excelente e divino, cujo antônimo grego é “kakos” (mau). E também o verbo “daimóno” tem o sentido de “receber espírito” ou “estar sob a ação de um espírito desencarnado bom ou mau” (C. T. Pastorino, ex-padre e ex-professor de Grego e Latim da UNB, “Sabedoria do Evangelho”, 1º volume, pág. 138).

 

Como todos nós seres humanos da fase atual, exceto um Chico Xavier e uma Irmã Dulce, os teólogos e líderes religiosos são orgulhosos e egoístas. É verdade que eles têm que obedecer a uma hierarquia. Mas muito lhes falta de renúncias e desapegos. E a vós, teólogos, pergunto como ficará o cristianismo com a evolução em tudo?

 

 Por que tanto amor aos erros? Será que vós adorai-los, ao invés de adorardes a Deus?

 

 Importa-vos mesmo a verdade? Tendê-la como norma evangélica?

 

Teriam acabado as verdades teológicas?

 

 Não havê-las-á mais no futuro? Deus e os seus espíritos se aposentaram ou a humanidade é que se aposentou, já tendo chegado à perfeição do Pai?

 

De fato, os demônios são espíritos humanos, que podem ser maus, regulares, bons e angélicos. Daí falarmos que a criança é um anjo (demônio bom) e do anjo mau (demônio mau)!

 

José Reis Chaves

 


mais sobre mim
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


pesquisar
 
blogs SAPO