"CONTESTAR AS OPINIÕES ERRÔNEAS QUE CONTRA NÓS ESPÍRITAS SÃO APRESENTADAS; REBATER AS CALÚNIAS; APONTAR AS MENTIRAS; DESMASCARAR A HIPOCRISIA; TAL DEVE SER O AFÃ DE TODO ESPÍRITA SINCERO, CÔNSCIO DOS DEVERES QUE LHES SÃO CONFIADOS”.
comentar
publicado por evangelicosfalsosprofetas, em 27.05.10 às 00:01link do post | favorito

 

Juízes

Deus designa Judá para suceder Josué. Deus entrega os inimigos em suas mãos e cerca de 10.000 homens são mortos. No processo, eles capturam Adoni-Bezeque "e lhe cortaram os dedos polegares das mãos e dos pés." Sujeitos agradáveis. [1:2-6]

"Eles mataram os " cananeus que habitavam em Zefate, e totalmente a destruíram". (Você pode imaginar o número de pessoas inocentes que ele matou?) [1:17, 1:19]

Os espiões israelitas mataram todo mundo em Betel, com exceção do homem (e a família dele) que lhes mostrou como entrar na cidade. [1:25]

Eúde entrega uma "mensagem de Deus" para Eglom, rei dos moabitas. A tal mensagem de Deus consistia em uma espada, que foi cravada na barriga do rei "de tal maneira que entrou até à empunhadura... e saiu-lhe o excremento." Apenas mais uma adorável história da Bíblia. [3:15-22]

Deus entrega outros povos nas mãos dos seus escolhidos. "E, naquele tempo, feriram dos moabitas uns dez mil homens... e não escapou nenhum." [3:28-29]

Sangar mata 600 filisteus com um ferrão de bois. Glória à Deus. [3:31]

"E o SENHOR derrotou a Sísera... e todo o seu exército a fio de espada... até não ficar um só." [4:15-16]

Jael (nossa heroína) oferece comida e abriga a um viajante (Sísera, o capitão de Jabim), dizendo "Retira-te, senhor meu... não temas." Então depois de lhe dar um copo de leite e o cobrir, ela crava uma uma estaca na cabeça dele. "Assim, Deus, naquele dia, sujeitou a Jabim, rei de Canaã, diante dos filhos de Israel." [4:17-23]

Por assassinar o seu convidado enquanto dormia, Jael é "Bendita sobre as mulheres." (Deus a bendiz por assassinar alguém?) [5:24-26]

"Assim, ó SENHOR, pereçam todos os teus inimigos!" (E roube todos os seus pertences.) [5:31]

Quando Gideão e seus companheiros tocarem as trombetas, Deus fará todos os soldados inimigos matarem-se uns aos outros. [7:22]

São mortos dois príncipes e as suas cabeças são trazidas a Gideão. [7:25]

Por recusar alimentar o seu exército, Gideão rasga a carne dos anciões de Sucote e mata os homens da cidade. [8:7, 8:16]

Gideão ordena que seu filho mate dois reis, mas ele se recusa. Assim Gideão teve que fazê-lo já que seu filho não teve coragem o bastante para fazer isto. [8:20]

Abimeleque mata 70 irmãos com uma pedra. (Ele estava tentando entrar para o Guinness.) [9:5]

Deus envia espíritos maus entre os humanos. [9:23]

Deus golpeia todos em Seom e dá a terra deles para os israelitas. [11:21]

"Assim possuiremos nós (os israelitas) todos quantos o SENHOR, nosso Deus, desapossar de diante de nós." [11:24]

Quando "o espírito de Deus" veio sobre Jefté, ele faz um trato com Deus: Se Deus lhe ajudar a matar os amonitas, então ele oferecerá a Deus em holocausto tudo o que sair da sua casa ao seu encontro. Deus mantém a palavra proporcionando para Jefté uma "grande mortandade." Mas aconteceu que a filha sem nome de Jefté saiu ao encontro do pai para o cumprimentar (quem ele esperava, a sua esposa?). Bem, negócio é negócio, então ele entrega a própria filha a Deus como oferenda - depois de a deixar dois meses lamentando sua virgindade nas montanhas. [11:29-39]

São mortos 42.000 homens porque alguém não soube pronunciar a senha. [12:6]

Sansão rasga um leão jovem quando "o Espírito do SENHOR se apossou dele". Depois, quando veio "tomar" a esposa filistéia, ele nota um enxame de abelhas e mel na carcaça do leão (um milagre divino - ou seria apenas carne podre e insetos?). [14:5-8]

"Então, o Espírito do SENHOR tão possantemente se apossou dele (Sansão), e... matou trinta homens." (Sansão poderia ter sido uma pessoa decente se ele pudesse ter evitado o espírito de Deus.) [14:19]

Sansão pega 300 raposas, amarra os rabos delas, e ateia fogo a eles; os filisteus queimam a ex-esposa de Sansão e o sogro; e Sansão "feriu-os com grande ferimento, perna juntamente com coxa". [15:4-8]

"O Espírito do SENHOR possantemente se apossou dele" e ele "achou uma queixada fresca de um jumento" e com isto, matou 1.000 homens. [15:14-15]

Sansão, com a ajuda de Deus, mata 3.000 filisteus (homens e mulheres) fazendo um telhado desmoronar. [16:28-30]

Depois de levar um levita peregrino para sua casa, o anfitrião oferece a sua filha virgem e a concubina do convidado dele a uma bando de pervertidos (que querem ter sexo com o convidado dele). O bando recusa a filha, mas aceita a concubina "e abusaram dela toda a noite." Pela manhã ela rasteja até o degrau da porta "onde estava seu senhor". O levita põe o corpo já morto sobre um jumento. Então ele pica o corpo em doze pedaços e os envia a cada uma das doze tribos de Israel. [19:22-30]

Deus diz para os israelitas enviarem a tribo de Judá para a batalha e 22.000 homens são mortos pelos filhos de Benjamim. [20:18, 20:21]

Deus lhes diz para lutarem novamente e outros 18.000 foram mortos. [20:23, 20:25]

Finalmente, Deus entra na briga e mata "vinte e cinco mil e cem homens de Benjamim." [20:35, 20:37]

Os homens de Israel não estavam dispostos a darem suas filhas aos benjamitas. Assim as outras tribos atacaram e mataram todos os ocupantes de uma cidade com exceção das virgens jovens, e então estas foram dadas aos benjamitas como esposas. [21:7-23]

 

I Samuel

"O SENHOR é o que tira a vida... " - ele tem toda chance disso. [2:6, 2:25]

Serão "quebrantados" os adversários de Deus; e "desde os céus, trovejará sobre eles." Se Deus não gostar de você, ele enviará um temporal de modo que quebre seu corpo em pedaços. [2:10]

Deus matará aqueles que pecam contra ele. [2:25]

Se você não segue a Deus, ele cortará seu braço, consumirá seus olhos, afligirá seu coração, e matará seus filhos e avôs. [2:31-34]

Deus fere as pessoas de Asdode com hemorróidas "nas partes secretas". [5:6-12]

"Porque havia mortal vexação em toda a cidade, e a mão de Deus muito se agravara ali." [5:11]

Deus mata 50.070 homens por terem olhado na arca. "Então, o povo se entristeceu, porquanto o SENHOR fizera tão grande estrago entre o povo." [6:19]

"Farei aliança convosco: que a todos vos arranque o olho direito." Acordos deste tipo só podem ser achados na Bíblia. [11:2]

"O Espírito de Deus se apoderou de Saul... E tomou um par de bois, e cortou-os em pedaços, e os enviou a todos os termos de Israel." As pessoas fazem coisas macabras quando o espírito de Deus as possui! [11:6-7]

"Saul... e feriram a Amom, até que o dia aqueceu." Então ele deu um pequeno intervalo. Afinal de contas, matar é trabalho duro. [11:11]

Deus entrega os filisteus nas mãos de Jônatas. "E sucedeu esta primeira derrota... feriram até uns vinte homens." Não está ruim por ser a primeira matança. [14:12-14]

Sob a influência de Deus, os filisteus mataram-se uns aos outros. [14:20]

Mais tarde, Saul e o seu exército matam aqueles que ainda não tinham sido mortos. [14:36]

Deus ordena que Saul mate todos os amalequitas: homens, mulheres, crianças, bois, ovelhas, camelos, e jumentos. Por que? Porque Deus se lembra o que Amaleque fez centenas de anos atrás. [15:2-3]

Saul matou todo o mundo mas poupou Agague (o rei) e os melhores animais. E Deus ainda estava furioso com Saul por não ter matado a todos como lhe havia dito. Então ele disse, "Arrependo-me de haver posto a Saul como rei." [15:7-26]

Saul é reprovado por Samuel porque "não deste ouvidos à voz do SENHOR" matando a todos os amalequitas. [15:18-19]

Porque Saul não matou a todos como lhe foi ordenado, Deus muda de idéia quanto a ele ser rei. [15:23-26]

Para agradar a Deus, Samuel corta Agague em pedaços "perante o SENHOR" (eu aposto que Deus adorou isto!) - depois dele suplicar dizendo, "Na verdade, já passou a amargura da morte." [15:32-34]

Depois que Deus rejeita Saul por ele se recusar a matar indiscriminadamente, Deus envia Samuel para que ache outro rei. Davi é escolhido e ungido por Samuel, e "o Espírito do SENHOR se apoderou de Davi." [16:13]

"Um espírito mau, da parte do SENHOR." Mas se Deus é bom, como ele pode ter um espírito mau? [16:14-16, 16:23]

Davi mata Golias com sua funda, o decapita, e leva a cabeça para Jerusalém. [17:51-57]

Davi e Saul estão numa espécie de competição para ver quem pode matar mais pessoas para Deus, e as mulheres agem como animadoras dizendo, "Saul feriu os seus milhares, porém Davi, os seus dez milhares." [18:6-7]

Davi mata 200 filisteus e traz os prepúcios deles para comprar a sua primeira esposa, (Mical, filha de Saul). Saul só tinha pedido 100 prepúcios, mas Davi estava se sentindo generoso. [18:25-27]

"E saiu Davi, e pelejou contra os filisteus, e feriu-os de grande ferida." [19:8]

Saul mata 85 sacerdotes e todos os homens, mulheres, crianças e animais na cidade de Nobe. [22:18-19]

"E consultou Davi ao SENHOR, dizendo: Irei eu e ferirei estes filisteus? E disse o SENHOR a Davi: Vai, e ferirás os filisteus... e fez grande estrago entre eles." [23:2-5]

Davi jura matar todos os inimigos dele, "mesmo até um menino." [25:22, 22:34]

"E aconteceu que, passados quase dez dias, feriu o SENHOR a Nabal, e este morreu." Isto foi conveniente para Davi que então tomou a propriedade dele e sua esposa, Abigail. [25:38]

"E Davi feria aquela terra, e não dava vida nem a homem nem a mulher." (Deus gostava muito de David!). [27:8-11]

Saul visita uma feiticeira e ela traz Samuel dos mortos. Samuel explica que Deus está bravo com Saul por não matar todos os amalequitas. Ele diz que Deus vai entregar todos de Israel nas mãos dos filisteus. (Desde que Saul se recusou a matar pessoas inocentes, Deus matará os israelitas. Justiça seja feita.) [28:8-19]

Davi passa o dia matando os amalequitas. Eles são novamente destruídos. (Veja em [15:7-8, 15:20 e 27:8-9] as últimas duas vezes que eles foram exterminados.) [30:17]

 

II Samuel

Davi diz para um de seus "jovens" matar o mensageiro amalequita que reivindicou ter matado Saul a pedido dele próprio. [1:15]

Abner a Joabe assistem como os jovens "jogam" um jogo cruel. "E cada um lançou mão da cabeça do outro, meteu-lhe a espada pelo lado, e caíram juntamente." [2:14-16]

Abner golpeia Asael debaixo da "quinta costela". (Parece que em II Samuel, este é o lugar preferido para golpear alguém. [3:27, 4:6, 20:10]) [2:23]

Quando Joabe (o capitão de Davi) mata Abner (golpeando-o abaixo da quinta costela), Davi diz que ele e o seu reino não são responsáveis. A culpa, ele diz, "Fique-se sobre a cabeça de Joabe." Assim Davi amaldiçoa Joabe, sua família, e os descendentes dele para sempre. Serão contaminados com doenças venéreas e lepra, necessitarão de bengalas, passarão fome a morrerão pela espada. [3:27-29]

Alguns dos homens de Davi matam o filho de Saul (golpeando-o abaixo da quinta costela, claro!) e traz a cabeça dele para Davi, pensando que seria de seu agradado. Mas não foi. Davi mata os assassinos e suas mãos e pés são cortados e levados para o tanque de Hebrom (para decoração?). [4:6-12]

Quem mata um manco ou cego será o "cabeça e capitão" (de Davi). [5:8]

"E Davi se ia cada vez mais aumentando e crescendo, porque o SENHOR, Deus dos Exércitos, era com ele." [5:10]

Davi pergunta a Deus se ele deveria matar um pouco mais de filisteus. Deus diz que sim, e que o ajudará. Assim Davi e Deus golpearam os filisteus novamente. [5:19, 5:25]

Uzá tenta impedir que a arca caia do carro, e Deus o mata por isto. Eu imagino que este era o modo de Deus dizer Obrigado. [6:6-7]

Davi mata dois terços dos moabitas e escraviza o resto. Ele também incapacita os cavalos capturados. [8:2-4]

"Davi feriu dos siros vinte e dois mil homens.... e o SENHOR guardou a Davi por onde quer que ia." [8:5-6, 8:14]

Davi manda Joabe (o capitão dele) enviar o marido de Bate-Seba (Urias) para a "frente da maior força da peleja ... para que seja ferido e morra." Deste modo, Davi adquire outra esposa. [11:15, 11:17, 11:27]

Para castigar Davi por ter morto Urias, Deus mata o bebê de Bate-Seba. [12:14-18]

Davi serra, corta, e queima os habitantes de várias cidades. Talvez isto seja o que significa "as santas e fiéis bênçãos de Davi" [At 13:34]. [12:31]

Absalão manda seus servos matarem o irmão por estuprar sua irmã. (Este capítulo que inclui incesto, estupro e assassinato, deveria ser censurado.) [13:28-29]

O pobre Absalão é pendurado em uma árvore, e antes dele poder se livrar, Joabe lhe crava três dardos no coração. [18:14]

Amasa é morto por Joabe que "derramou por terra as entranhas... E Amasa estava envolto no seu sangue no meio do caminho." [20:10, 20:12]

"E cortaram a cabeça de Seba... e a lançaram a Joabe." [20:22]

Uma fome é enviada ao reino de Davi durante três anos. Quando Davi pergunta a Deus por que, Deus responde: "É por causa de Saul e da sua casa sanguinária, porque matou os gibeonitas." Assim Deus enviou uma fome para castigar um reino de algo que um rei anterior tinha feito. [21:1]

Para satisfazer a Deus e terminar com a fome causada pelo seu antecessor (Saul), Davi concorda "de seus filhos se nos dêem sete homens, para que os enforquemos ao SENHOR." [21:6-9]

"Instrui as minhas mãos para a peleja..." Deus é perito nisto!. [22:35]

"E deste-me o pescoço de meus inimigos, daqueles que me tinham ódio, e os destruí." [22:41]

O chefe dos capitães de Davi matou com a própria lança 800 sujeitos de uma vez só. [23:8]

Deus oferece a Davi uma escolha de castigos por ter administrado o censo: 1) sete anos de escassez ([I Cr 21:12] diz três anos), 2) três meses fugindo de inimigos ou, 3) três dias de pestes. Como Davi não pôde decidir, Deus escolhe por ele e envia uma peste, matando 70.000 homens (e provavelmente 200.000 mulheres e crianças que viviam junto deles). [24:13-15]

 

I Reis

As últimas palavras de Davi ao seu filho Salomão são para que mate Joabe. [2:1-9]

Salomão manda matar seu irmão Adonias. [2:24-25]

Salomão cumpre as instruções no leito de morte do pai Davi, sendo Joabe assassinado. [2:29-34]

Salomão justifica o assassinato de Joabe dizendo que ele também era um assassino, e que "recairá o sangue destes sobre a cabeça de Joabe e sobre a cabeça da sua semente para sempre." [2:33]

Mas Salomão ainda não terminou os assassinatos. Simei é morto - ou como ele coloca isto, "O SENHOR fez recair a tua maldade sobre a tua cabeça." [2:44, 2:46]

Quando a arca do concerto foi trazida ao templo, Salomão matou tantos animais que não puderam ser contados. [8:5]

Para consagrar o templo, Salomão mata 22.000 vacas e 120.000 ovelhas. Todo esse sangue deve ter feito Deus se sentir muito feliz. [8:63]

Joabe (o capitão de Davi) gastou seis meses matando todos os homens em Edom. [11:16]

O rei Josias é profetizado sacrificando os sacerdotes "dos altos" sobre o altar. E assim ele faz em [II Rs 23:20]. Note que este é um sujeito que "fez o que era reto aos olhos do SENHOR." [II Rs 22:2]. [13:2]

Deus seca e depois restabelece a mão do rei Jeroboão. [13:4-7]

Havia dois profetas. O primeiro mentiu para o segundo. Para castigar o segundo por ter acreditado na mentira, Deus envia um leão para matá-lo. Acredita nisso? [13:11-24]

Deus promete trazer "mal sobre a casa de Jeroboão", dizendo que ele expulsará "todo homem até ao menino." Então, depois que Deus terminar com eles, os corpos mortos serão comidos por cães (na cidade) ou por aves (no campo). [14:10-12]

Baasa mata "toda a casa de Jeroboão; nada de Jeroboão deixou que tivesse fôlego, até o destruir, conforme a palavra do SENHOR". [15:29]

Deus diz que "Quem morrer a Baasa na cidade, os cães o comerão; e o que dele morrer no campo, as aves do céu o comerão." [16:4]

Zinri mata "toda a casa de Baasa; não lhe deixou homem algum... conforme a palavra do SENHOR." [16:11-12]

Quando Hiel reconstruiu Jericó, ele pôs em sua fundação o corpo do filho mais velho e nas portas da cidade o filho mais jovem "conforme a palavra do SENHOR." [16:34]

Elias mata os profetas de Baal. [18:40]

Deus entrega os siros nas mãos dos israelitas, e foram mortos 100.000 em um dia. Os que conseguiram escapar (27.000) foram esmagados por um muro. [20:28-30]

Havia o filho de um profeta que disse ao seu companheiro, "fere-me". Mas o homem se recusou. Então Deus enviou um leão para devorá-lo. [20:35]

O profeta conta para o rei Acabe que ele, e seu povo serão castigados por libertar Ben-Hadade: "a tua vida será em lugar de sua vida, e o teu povo, em lugar do seu povo." [20:42]

"Assim diz o SENHOR: No lugar em que os cães lamberam o sangue de Nabote, os cães lamberão o teu sangue, o teu mesmo." [21:19]

Deus trará mal sobre Acabe "e arrancarei a tua posteridade." [21:21]

Jezabel incitou Acabe a "fazer o que era mau aos olhos do SENHOR." Para castigá-la, Deus alimentará os cães com o corpo dela. (Ele também planeja alimentar os cães com os corpos do povo da cidade.) [21:23-25]

 


mais sobre mim
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11

16
18
21

23
29

31


pesquisar
 
blogs SAPO